segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Dicas de como escolher as melhores cortinas e persianas para escritório

As cortinas e persianas para escritório, em geral, devem ser escolhidas levando-se em consideração a funcionalidade, praticidade, durabilidade e estilo decorativo das mesmas.
Isso porque os diferentes ambientes corporativos têm necessidades e características também diferentes.
O primeiro pronto é definir qual a intensidade de luminosidade natural desejada no ambiente – se a idéia for bloquear os raios solares mas ainda permitir a entrada de claridade, para criar um ambiente de trabalho mais confortável, as persianas e cortinas rolô tela solar são uma ótima opção e se encaixam muito bem em escritórios, consultórios, clínicas, laboratórios, lojas etc.

 No entanto, se a idéia for bloquear totalmente a luminosidade natural, o que é necessário por exemplo em salas de reunião, salas de projeção e apresentação, auditórios etc, o ideal é partir para as cortinas rolô blackout.

Ou seja, cada ambiente e tipo de uso determinará qual o modelo mais indicado no meio corporativo. O importante é que as persianas para escritório desempenhem de forma eficiente seu papel em relação ao bloqueio da claridade e complementem o estilo decorativo de cada espaço. Com isso, os ambientes tendem a ficar mais confortáveis, privativos e elegantes, tanto para seus colaboradores e funcionários, como para os clientes que frequentam tais espaços.
Por isso, o mercado de cortinas e persianas para escritório tem crescido, se desenvolvido e oferecido cada vez mais soluções eficientes, modelos variados e com ótimo custo-benefício, afim de atender a essa demanda.
Aqui vamos conhecer os principais tipos de persianas para escritório, quais os mais eficientes materiais usados na sua fabricação e alguns modelos que garantirão todo conforto ao espaço de uma empresa.

Persiana Verticais e Horizontais para Escritórios

Os modelos mais tradicionais são as persianas verticais e persianas horizontais.
Por estarem disponíveis em diversas cores e tipos de matérias, esses modelos se encaixam bem em praticamente qualquer ambiente corporativo.
As persianas horizontais estão em alta, pois são mais práticas de limpar e podem ser fabricadas em diversos materiais, sendo opções então as persianas horizontais de alumínio (lâminas de 16mm, 25mm e 50mm), persianas horizontais de PVC, persianas de madeira ou persianas de bambu.

 
Já as persianas verticais, mais clássicas e muito usadas como persianas para escritório nos últimos anos, continuam tendo a vantagem de apresentar um custo x benefício mais atraente, mas tendo sido aos poucos substituídas pela modernidade das persianas horizontais e outros modelos.


Persianas Rolô para Escritório

As cortinas rolô ou persianas rolô, por sua vez, têm ocupado posição de destaque e liderado o uso tanto em ambientes residenciais como corporativos.
Os fabricantes de cortinas e persianas para escritório investem pesado em tecnologia para levar ao mercado peças com durabilidade e leveza. Para atender demandas de empresas que desejam montar salas com o nível de luminosidade adequado, para que seus funcionários estejam devidamente acomodados, a indústria de persianas utiliza materiais como:
– Cortina Rolô tela solar
Um dos modelos mais usados é a cortina rolô tela solar, pois é eficaz para bloquear os raios solares que prejudicam a saúde, não desbota, protege os móveis e equipamentos dos ambientes e ainda ameniza a temperatura interna dos mesmos. A tela solar pode ser fabricada nas tramas 1%, 3% e 5%. A diferença entre elas é:


  1. Fechada – abertura de 1% entre os fios da trama, mantém os ambientes mais escuros.
  2. Intermediária – abertura de 3% entre os fios da trama, é a transição da luminosidade, visibilidade que a cortina dará ao ambiente.
  3. Translúcida – abertura de 5% entre os fios, é a mais usada para cortinas tela solar. Dão o conforto visual e térmico necessários aos cômodos

– Cortina Rolô Blackout

Esse tecido é recomendado quando o objetivo é aqui é bloquear 100% da entrada de luz no ambiente. Além de garantir total privacidade, pois bloqueia completamente a visão do exterior para o interior. É indicado então para ambientes como salas de projeção, salas de apresentações e reuniões, auditórios, teatros, salas de procedimentos etc.
– Tecidos diversos – as cortinas ou persianas rolô de tecido em geral são compostas por poliéster e disponíveis em diversas coleções, com grande variedade de cores, tramas e níveis de bloqueio da luminosidade. Essas cortinas apresentam efeito muito satisfatório na questão do bloqueio da luminosidade e tem efeito decorativo.

As vantagens das cortinas e persianas para sua empresa

Imagine um hotel de frente para o mar, e seus quartos posicionados à nascente, sem proteção nas janelas? Claro que a vista será linda, mas em alguns momentos é importante poder bloquear a claridade e os raios solares para poder descansar, certo? Por isso, é preciso pensar em cortina ou persiana para hotel, e outros estabelecimentos comerciais. O mesmo exemplo serve para um restaurante, que precisa de persianas para oferecer proteção e privacidade aos seus clientes enquanto fazem suas refeições.
As persianas para hospitais são outro caso em que esse elemento torna-se indispensável, para proteger e tornar os quartos e salas cirúrgicas dos hospitais espaços privativos e protegidos para proporcionar esses ambientes adequados para os pacientes.

quarta-feira, 27 de março de 2019

Decoração com Cortinas e Persianas: Tendências 2019

Cortinas e persianas podem mudar a cara de um ambiente – de um quarto, da sala de estar, da cozinha ou de um banheiro. Independentemente disso, esses elementos não só proporcionam mais beleza para o espaço, mas também são vistos como objetos decorativos.
As cortinas ou persianas podem oferecer maior conforto e charme para o cômodo, em especial pela variedade de estilos e tecidos disponíveis. Mas quais são as tendências para esses itens em 2019? Já existem previsão para o próximo ano?

Sem dúvidas, a escolha de cortinas e persianas para um determinado ambiente deve levar em consideração o estilo interior, isto é, a decoração do espaço como um todo. Por terem a capacidade de dar aquela “sacudida” no ambiente e reinventá-lo, você precisa ter bom senso antes de optar por uma cortina e/ou persiana.
COZINHA
Para as cozinhas, a tendência estará nos tons mais claros possíveis para que o material permita a melhor entrada possível de luz natural.Quando o espaço não possui uma orientação de estilo definida, as cortinas mais indicadas são as translúcidas leves que não possuem detalhes decorativos e formas complexas.
De todo modo, as tendências para 2019 para a cozinha são as cortinas de seda, veludo, brocado e musselina. 
SALA DE ESTAR
Para a sala de estar, a tendência se dividirá em duas vertentes: a primeira é através de cortinas largas de tecido translúcido de diferentes tonalidades, enquanto que a outra será com cortinas mais densas que poderão apresentar elementos decorativos.
O entrelaçamento de vários tons e texturas de tecidos oferecerá uma gama de cortinas e persianas para 2019. Os estilos mais procurados no ano que vem serão o clássico, romano, francês, japonês e austríaco.
QUARTO
Para o quarto, a tendência muito provavelmente será a de cortinas densas em combinação com tule sem peso, pois o foco aqui é atentar-se para o melhor tecido e cor.
O cuidado maior, nesse caso, é evitar cores brilhantes, pois elas causam inquietude. Em um ambiente propício para o sono, o ideal são cores frias.
De estilos, as mais procuradas para os quartos serão as persianas japonesas, as romanas e as de rolo. Tudo deve ser pensado conforme a decoração do quarto, assim como o próprio esquema de cores que o ambiente contém.
Outro modelo que pode combinar é uma cortina voal/voil, principalmente se o pé direito combinar com os modelos de cortinas utilizados comumente. Você pode acompanhar na hora da compra aqueles que são os melhores para o ambiente.
Cores neutras não perdem sua popularidade em 2019. Bege, areia, creme e cinza, por exemplo, ainda permanecerão em suas altas posições e tomarão seus lugares de destaque nas cortinas e em vários outros elementos de decoração de interiores.

No entanto, o que se pode confirmar para o próximo ano é a glória do azul. Qualquer que seja sua variação, o azul estará presente nas cortinas e persianas e poderá ser o tom favorito de muitas pessoas no momento de decorar o lar, afinal essa cor nada mais transmite do que a tranquilidade e o bem-estar que tanto procuramos quando estamos em casa, não é mesmo?
Mas é claro que não se pode deixar de afirmar que em 2019 as cortinas também adquirirão aqueles tons curiosos de verde, violeta, vermelho e tons terrosos. Todos eles combinam com a própria tendência de cores para a decoração de interiores para o ano que vem, por isso qualquer que seja sua escolha: saiba que está tudo certo!
Veja dicas de cores e estampas para você acertar em cheio 2019:
  • Cortinas com estampa verde para ambientes rústicos;
  • Cortinas com listras azul, marrom e branco;
  • Cortinas com efeito gradiente de branco, cor vinho e azul escuro;
  • Cortinas laranjas;
  • Cortinas de listras largas com tons de marfim e azul;
  • Cortinas cor grafite;

Cortinas com listras verticais (tipo de cortina que causa a sensação de amplitude, podendo ser excelente opção para ambientes pequenos);
Cortinas de padrão floral;
Cortinas de tons neutros, como o cinza para ambientes que já possuem cores fortes em outros itens.
Vale lembrar que é sua sala, a cortina é escolhida de acordo com sua personalidade, seja ela uma cortina romana, que é uma ótima pedida para que a cortina da sala fique em destaque, se você assim desejar.

O próprio varão da cortina (que tem como responsabilidade ser o suporte do tecido) pode ser um destaque na decoração. Esse item pode ser encontrado em vários materiais, como madeira maciça, alumínio, aço, entre outros. Procure aquele que combina com uma sala parecida e sua cortina, é uma boa maneira de arrumar por fim, sua sala de jantar.
Vale destacar ainda a persiana de palha de bananeira que trará um toque natural a um ambiente de estilo contemporâneo, principalmente por 2019 abraçar com força a natureza. Outro exemplo é a persiana de madeira com uma combinação de cortinas de seda para dar um ar aconchegante ao cômodo, sem perder a luminosidade natural.

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Persiana para cozinha: escolha o modelo ideal para a sua





A persiana para cozinha é mais um complemento para a decoração. Mais que isso, e como outros itens do ambiente, essa peça também tem lá sua função. Se você ainda não escolheu a persiana para cozinha ou já pensou em utilizar esse item, confira no artigo de hoje algumas dicas importantes para unir beleza e praticidade.

Considere vários fatores antes de escolher o melhor modelo de persiana para cozinha. Esse elemento não só terá a função de controlar a intensidade da luz no ambiente como também ajudará a controlar a visibilidade do local.

Hoje, é possível encontrar no mercado de decoração inúmeros modelos e materiais. Porém, não são todos que são indicados para se usar na cozinha. “Existem vários modelos de persianas comercializados, mas nem todos são tão práticos e funcionais para cozinha. Nesse ambiente devemos ter o cuidado em escolher persianas que não fechem toda a claridade e que sejam de fácil manuseio em sua abertura”, explica Rodrigo Peixoto, designer de interiores.



1. Atenção na escolha do material da persiana



Alguns materiais de persiana para cozinha não são indicados. Rodrigo orienta não usar o material de 100 % poliéster ou contendo algodão em sua composição. “Indicamos tecidos sintéticos para persiana rolo, persiana em madeira ou alumínio, que são materiais que permitem também uma limpeza periódica sem grandes sacrifícios.”

2. Limpe a persiana frequentemente





Falando em limpeza, esse é outro ponto que deve ser considerado importante, segundo a arquiteta Pilar Hernandez, da AHPH Arquitetura e Interiores. “Sempre é indicado considerar a limpeza mais profunda, trabalhar com uma persiana com uma superfície melhor, que traga facilidade de limpeza, e uma persiana curta porque é em cima da pia”.

3. Combine cor e formato da persiana com o seu projeto



Tanto o formato quanto a cor devem ser escolhidos a partir de alguns pontos que envolvem decoração e limpeza. “Primeiro devemos pensar no contexto da cozinha, acredito que a persiana não deva se sobressair, então o ideal é usar algo neutro e prático, tanto para abertura como para limpeza. Como será um local que suja mais facilmente, mas que ao mesmo tempo deve estar aparentemente limpo e claro sempre, recomendo usar branco, gelo, creme”, indica o arquiteto Thiago Papadopoli.

4. O melhor modelo para sua cozinha



Thiago acredita que há dois modelos mais indicados para quem quer escolher uma persiana para cozinha. “Recomendo o uso de cortina rolo em tela, ou persiana com aletas horizontais, que possibilita controlar a incidência de iluminação quando tiver a janela sobre a pia.”

5. Cuidado com os modelos de tecido





Rodrigo também explica os modelos que devem ser evitados na cozinha. “Cortina em tecido ou persianas no formato vertical em tecido devem ser evitados, por acumularem sujeira e gordura.”

6. Siga as instruções do fabricante para remover sujeiras





Melhor do que escolher um material que seja de fácil manutenção, a dica mais importante é fazer a limpeza periodicamente, sem adiar muito. O ideal é sempre limpar com detergente neutro, nada abrasivo para não danificar o produto, até para a proteção dele. Lembre-se que cada fabricante também faz suas indicações para este procedimento. Leia e siga as instruções.

7. A limpeza aumenta a durabilidade da peça





Se você não tiver cuidado com a limpeza, certamente a persiana não vai durar muito tempo e logo perderá o aspecto de nova e limpa. De acordo com os especialistas, a limpeza no ambiente deve ser feita frequentemente. “É necessário cuidado na limpeza periódica. Não adianta deixar encardido e depois querer limpar, que a qualidade visual e material do produto irá se perder”, reforça a arquiteta Pilar Hernandez.

8. Cuidados diários



Além dos cuidados na hora de escolher o modelo, há também cuidados no cotidiano. “Quando for fazer alimentos com fritura, por exemplo, o ideal é que recolha toda a cortina quando possível para não ficar exposta ao excesso de gordura”, indica Rodrigo.

9. Limpeza especializada deve ser feita a cada 6 meses




Se o produto for usado corretamente e com alguns cuidados, podemos ter uma boa persiana por muito tempo, segundo Rodrigo. Deve-se fazer uma limpeza semanal para evitar o acúmulo de sujeira e gordura. “Também devemos enviar a peça para uma loja especializada em limpeza, o ideal seria a cada 6 meses dependendo da frequência do uso dos eletrodomésticos. Tendo este cuidado, a durabilidade certamente será satisfatória”, explica o profissional.

10. Evite colocar persiana perto de eletrodomésticos


Qual a localização da sua persiana na cozinha? Pensar neste detalhe pode ser uma questão até de segurança. Rodrigo lembra que aparelhos que exercem calor devem ser mantidos a uma certa distância das persianas para não danificar o produto, como é o caso do fogão, torradeira e outros.

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Seis dicas práticas ajudam escolher a melhor cortina

Todo mundo sabe que tecidos deixam a casa mais bonita e confortável. Mas quando se fala em combinar cortinas com o resto da decoração, a coisa pode complicar. O primeiro passo para acertar nessa combinação é lembrar que eles não são meros enfeites. As cortinas podem vedar a iluminação externa e garantir um sono dos deuses, ou ainda controlar o nível de iluminação para que o ambiente fique confortável e agradável aos olhos. Por isso é importante atentar para alguns detalhes antes de escolher a sua. Veja algumas dicas:

Se as paredes do cômodo forem muito claras… 
Invista numa cortina com forro branco ou creme e num cetim ou voal de cor forte, liso, bordado ou estampado. Os outros objetos devem ser o mais neutros possível, sem muitos detalhes nem cores chamativas. Isso dá equilíbrio ao ambiente.
Se o sofá ou a parede forem decorados… 
Fuja de tecidos estampados, para não sobrecarregar demais o ambiente. Nesse caso, prefira usar cortinas lisas e em tons neutros, como bege, branco e creme. Essa dica vale também para quartos com edredons muito estampados.

Se você mora num lugar quente… 
Esqueça aquela cortina pesadona na sala. Escolha um modelo claro e leve, que balance com o vento. Invista numa cortina de voal branco ou num tecido levemente rendado. Modelos de crochê também são ótimos nesses casos.

Se sua janela pega muito sol… 
Evite panos muito escuros. A incidência direta da luz do sol faz com que eles desbotem rapidamente. Prefira tecidos opacos, como um algodão grosso ou mesmo o voal com forro de tergal. 
Persianas compensam falta de espaço 
Esses modelos são adequados para ambientes reduzidos, quando há escrivaninha ou cômoda perto da janela. Além disso, são fáceis de limpar e perfeitas para quem é alérgico.

Varão à mostra é bonito e barato! 
Fixar a cortina em um varão é solução simples para quartos e salas. O comprimento longo, do teto ao chão, dá a sensação de paredes mais altas. Invista em cortinas com furos arrematados com ilhoses.
fonte: https://www.bonde.com.br/casa-e-decoracao/noticias/seis-dicas-praticas-ajudam-escolher-a-melhor-cortina-212909.html

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Decoração empresarial. O que mudar?

Que tal renovar a decoração da sua empresa? Pequenas e simples mudanças podem fazer toda a diferença na decoração, na motivação e no relacionamento entre as pessoas. Trouxemos algumas dicas de pontos que você pode apostar para uma ótima mudança e indicamos quais as opções são mais atrativas para cada tipo de empresa.
Troque as Cortinas
O controle da luminosidade é um fator muito importante que influencia o comportamento e a produtividade das pessoas. Além disso, controlar a incidência de raios solares te ajudará a proteger os móveis e produtos nos ambientes.
Nos consultórios médicos as cortinas de tecidos leves e os modelos Shadow ou Rollô são as mais utilizadas, isso porque permitem o controle da luminosidade e garantem um ambiente confortável para os profissionais e seus pacientes.
Já nos escritórios as persianas são as mais utilizadas, pois garantem o controle da luminosidade e a facilidade na manutenção. Existem persianas nos mais variados modelos, cores e tipos de materiais, portanto fica muito fácil combiná-las com o restante da decoração.

Para as lojas, os tipos de cortinas que podemos utilizar variam de acordo com os seus seguimentos, por exemplo, nas lojas de roupas as mais utilizadas são aquelas que proporcionam um ambiente mais confortável, nesse caso as cortinas de tecidos sempre são bem vindas. Os Restaurantes precisam de uma cortina ou persiana que seja fácil de limpar, então o modelo Rollô é uma excelente opção para criar um ambiente confortável e ainda assim muito prático.
Se o sol bater diretamente nas suas janelas e portas, você pode investir em toldos. Existem diferentes modelos e certamente algum deles irá ajudá-lo a diminuir a luminosidade, o calor excessivo e ainda garantir um ambiente bem mais agradável.
Invista em Tapetes
Os tapetes proporcionam mais aconchego aos ambientes. Nas empresas eles são extremamente úteis, tanto nas salas de espera como nas áreas comuns, pois deixam os ambientes mais confortáveis para os visitantes e funcionários.


Nos escritórios eles têm a utilização mais restrita, pois, devido o espaço ser compacto, podem atrapalhar o deslocamento das cadeiras. Nas lojas eles são bem vindos, mas é necessário tomar cuidado com a localização, os tapetes não devem ficar em locais de passagem.
Coloque Almofadas
As almofadas são ótimas opções para alguns tipos de empresas. Nos escritórios que não têm uma sala de espera ou uma área comum, elas têm pouca ou nenhuma utilidade prática. Mas se sua empresa tem uma sala da espera é uma ótima ideia investir nesse tipo de acessório, além de garantirem conforto, elas ainda têm o poder de transformar qualquer decoração!
Mude as cores das Paredes
A utilização de papéis de parede é uma maneira fácil, rápida e eficiente de modificar as cores das paredes sem fazer sujeira ou deixar cheiro de tinta.

Existem diversos tipos, modelos e cores de papéis de parede e certamente nós temos a opção perfeita para transformar a decoração da sua empresa!

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Persiana Rolô: O que são? Como usá-las em cada cômodo? Confira!


Tá pensando em qual cortina cai melhor em todos os cômodos da sua casa? Lembre-se sempre que um modelo deve unir beleza para decorar, mas também praticidade. Dentre tantos modelos de cortinas e persianas, a chamada persiana rolô é uma das melhores opções para juntar essas duas funcionalidades. Com opções de cores e materiais que se encaixam em diferentes gostos, é ideal para vários espaços da casa deixando o ambiente mais bonito e protegido. Veja nossas dicas e informações sobre ela!


Características da persiana rolô

Muito parecida com as romanas, as persianas rolôs se destacam por cair bem em qualquer ambiente. Diferentemente das persianas romanas, seu material e tecidos são mais leves e mais indicados para locais da casa como a cozinha e banheiro. Esse locais costumam expor a gordura/sujeira com mais facilidade. Mas nada te impede de usá-la na sala, no quarto e todos os outros cômodos. Ela é um modelo muito versátil que pode ser uma boa pedida para compor diferentes ambientes. Outra diferença é na hora de serem abertas: a romana forma vários gomos nas camadas, já a rolô se enrola totalmente no topo.
Outra característica importante da persiana rolô está no controle do calor e filtro dos raios UV. Ao mesmo tempo que protege, um de seus modelos mais indicados permite que uma luz entre no ambiente de uma forma muito natural e tranquila. É como se fosse uma tela de um tecido que é forte, mas que ao mesmo tempo oferece transparência. Um filtro que leva só o essencial da luz. Além de deixar o local iluminado totalmente através dessa transparência, você pode enrolá-la até a metade ou até a altura que desejar. Assim pode controlar o quanto de luz entra no espaço. Existem tipos diferentes, sendo os mais usados:
  • Blackout: tecido vinílico, bloqueia total passagem da luminosidade.
  • Tela solar: feito de poliéster e fibra de vidro que permite maior luminosidade.
Ambos são de fácil manutenção, podendo ser higienizadas com pano úmido, água e sabão neutro.

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Além de bonita, a cortina do quarto do bebê tem de cumprir sua função

Na hora de decorar o quarto do bebê, a cortina deve ser pensada para que cumpra bem seu papel no ambiente. No mercado há uma grande variedade de modelos, entretanto, é bom atentar para o que será colocado no quarto da criança. Afinal, além da função decorativa, a cortina também ajuda na climatização do ambiente, regulando a temperatura e luminosidade do quartinho. Ela também é uma das responsáveis pela privacidade de mãe e bebê, quando necessário, como é o caso da hora de amamentar.






De acordo com o arquiteto e decorador Achilles Fernandes, o material de que é feita a cortina do quarto do bebê deve ser um dos principais pontos avaliados pelos papais e mamães. “As persianas rolô blackout são as mais indicadas, pois alguns tecidos podem causar alergias. A rolô, por ser de material sintético, é a melhor opção, porque pode ser limpa com um pano úmido com sabão neutro”, explica.



Claro que é comum o papai ou mamãe se empolgarem na hora da compra, por isso Fernandes enfatiza que, embora a cortina deva combinar com a decoração, é essencial que ela cumpra sua função. Afinal, não adianta ser bonita se não funcionar!
“Cortinas devem combinar com a decoração, mas deve-se ter alguns cuidados na escolha. De preferência optar por cortinas blackout, para que não passe incidência de luz e a criança possa descansar bem à vontade durante o dia e à noite não entre nenhuma luz artificial externa que atrapalhe o sono. Geralmente, eu uso persianas rolô blackout com guias laterais”, diz o arquiteto.


Outro detalhe importante que os pais devem atentar na hora de adquirir o cortinado é quanto ao material. Achilles Fernandes recomenda o material sintético, para evitar alergias tanto em bebês como em crianças maiores.


fonte: Redação Filhos&Tal